Narrativas Complexas no Cinema e em Séries de TV

Ementa da disciplina
Atualizada em 23 de junho!!

Leitura de introdução ao tema 

Leiam este texto da jornalista Joyce Paes na revista Moviement sobre as narrativas complexas nas séries de TV. É uma excelente apresentação do assunto da disciplina. A leitura vale como compensação para a aula de 16 de março. Ademais, a apresentação da ementa (link acima) e outros tópicos deste dia serão abordados na aula de 23 de março.


Livros utilizados (clique nas capas) 

Para aula de 23 de março: ler da página 51 (parte 7) até a página 59 (fim da parte 11).

Leitura indicada para o decorrer da disciplina (conferir na ementa).

Story, de Robert McKee. Conferir capítulos indicados na ementa.

Disponível apenas na Copiadora da FIC.

Cinema clássico hollywoodiano: normas e princípios narrativos, artigo de David Bordwell. 

Disponível apenas na Copiadora da FIC.

Para 11/05: Dissertação de mestrado Victor Hugo Caldas. Ler trecho “Por que as séries são como são” (p. 11 - 61).

Para 01/06 e 08/06: Complexidade Narrativa na Televisão Americana Contemporânea, de Jason Mittell 

Para aula do prof. Pedro Henrique (22/06): ler capítulo "Guerra nas Estrelas por Quentin Tarantino?"

Para 29/06: Vivendo o jogo: uma análise da construção do espaço-tempo nos games, de Renata Gomes - Aula do Mestrando José Abraão / PPGPC

Para 29/06: Capítulo “The Strange Cases of David Lynch”, do livro Storytelling in Film and Television, de Kristin Thompson
Texto de apoio para debate sobre Twin Peaks


Leituras extras

La actividad del observador, capítulo do livro Narration in the Fiction Film, de David Bordwell (VERSÃO EM ESPANHOL)

Disponível apenas na Copiadora da FIC.

The Way Hollywood Tells It, de David Bordwell

Trecho disponível na Copiadora da FIC.

Para 01/06 e 08/06: Television and the Neo-Baroque, de Angela Ndalianis

"Mais Complexo ou Menos Cômico? A Complexidade Narrativa aplicada à criação de personagens nas novas sitcoms", de Jéssica Neri

"Seriados ousados e arcos longos e complexos", por Marcos Takeda e Newton Cannito (roteiristas), na Revista de Cinema.

"Complexidade nas obras televisuais e cinematográficas de David Lynch", de Letícia Capanema

 

Slides de aulas

 

Para assistir

Exercício para a aula de 06 de junho: tomando como exemplo a análise do episódio White Bear, de Black Mirror, debatida na aula de 30 de março (ver no slide sobre Robert McKee, mais acima), separe as cenas e identifique os valores da estória (positivo/negativo) do filme The Great Train Robbery

Este filme clássico realizado por Robert Flatherty, rodado em 1922, documenta um ano na vida de Nanook, um caçador esquimó e a sua família, à medida que lutam para sobreviver nas condições agrestes de Hudson Bay, no Canadá. Ele é exemplo de uma minitrama.

Um Cão Andaluz (Un Chien Andaluz) - França - 1929 Sonho? Realidade? Subconsciente? Uma aventura surrealista de Luis Buñuel e Salvador Dalí. Exemplo de antitrama.


Orientações de atividades